quarta-feira, 25 de maio de 2011

Blowin’ in the Wind

Nesse mês o principal nome da folk music, Bob Dylan, será homenageado na Cinemateca Brasileira com apresentações de obras cinematográficas que retratam a complexa personalidade desse homem que completou 70 anos no ultimo dia 24.
 
Bob Dylan foi o cara que, com apenas um violão e uma gaita, transcendeu a música de protesto para o cenário pop, influenciou o maior fenômeno musical de todos os tempos, The Beatles e ainda esta na ativa. O criador de hits como, Blowin’ in the Wind, Like a Rolling Stone e Knockin' on Heaven's Door foi retratado por vários atores no filme Não estou lá de Todd Haynes, uma cinebiografia de sua vida. Até o aclamado diretor Martin Scorsese trabalhou a vida de Dylan no documentário No direction home: Bob Dylan, uma compilação de arquivos que inclui até cenas raras de Bob em inicio de carreira. Dylan também é autor de trilhas sonoras e atuou em vários filmes, Pat Garrett & Billy the Kid e A Máscara do anonimato são alguns deles.




CINEMATECA BRASILEIRA
Largo Senador Raul Cardoso, 207
próximo ao Metrô Vila Mariana
Outras informações: (11) 3512-6111 (ramal 215)
Taxa de manutenção: R$ 8,00 (inteira) / R$ 4,00 (meia-entrada)
Exibições em DVD com entrada franca
Atenção: estudantes do Ensino Fundamental e Médio de escolas públicas têm direito à entrada gratuita mediante a apresentação da carteirinha.

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Olhos na capital

Será inaugurada no próximo sábado, dia 21, a exposição fotográfica "São Paulo Século XXI", do fotógrafo Fausto Chermont.
O fotógrafo mostra a metrópole sob diferentes visões, a arquitetura, a paisagem e outros aspectos compõem os temas das imagens.
O interessante da exposição é que Fausto utiliza equipamentos diferentes para suas peças, desde máquinas analógicas até as modernas digitais. Todas as fotos são expostas a partir do negativo do filme, e não reveladas ou impressas, mostrando a originalidade dos traços da cidade.

Onde: Caixa Cultural - Praça da Sé, 111
Quando: 21/05 a 17/07
Preço: gratuito

Arte na Arte

No Itaú Cultural (http://www.itaucultural.com.br/) estão abertas as inscrições para o "Projeto Experiência". O projeto foi desenvolvido para estudantes de Artes Visuais, do 5º ao 8º semestre, e será ministrado aos sábados a partir de 30 de julho.
Serão realizadas "conversas" com profissionais do meio artístico para debater e trocar experiências sobre a arte e o fazer artístico. Os estudantes são convidados a fazer uma reflexão sobre o significado da arte nos dias atuais.
  • Onde: Itaú Cultural - Av. Paulista, 149
  • Quando: sábados, de 30/07 a 12/11

terça-feira, 17 de maio de 2011

Bibliotecas públicas (temáticas)

Ouvimos e participamos de muitas discussões sobre bibliotecas públicas e/ou comunitárias, no que diz respeito a seu papel e a seu espaço sociocultural para a comunidade.

Atualmente, podemos acompanhar as transformações que muitas delas passaram e estão passando: mudando seu perfil de ‘depósito de livros’, tornando-se instituições dinâmicas que partilham e disseminam conhecimento, lazer e prazer.

Aqui em São Paulo, terra de gente diferente, de todos os lugares, de vários gostos e prazeres, há muito que se aproveitar: a cidade oferece opções de bibliotecas diversas, sim, além das bibliotecas públicas tradicionais, há oito delas que além do acervo comum, dispõem um acervo temático, onde os freqüentadores encontram materiais sobre cinema, música, literatura fantástica, cultura popular, ciências, meio ambiente, contos de fada e poesia, e também uma programação bem bacana! São elas:



Biblioteca

Tema

Local

Mário Schenberg
Ciências
Lapa
Roberto Santos
Cinema
Ipiranga
Hans Christian Andersen
Contos de Fada
Tatuapé
Belmonte
Cultura Popular
Santo Amaro
Viriato Corrêa
Literatura Fantástica
Vila Mariana
Raul Bopp
Meio Ambiente
Aclimação
Cassiano Ricardo
Música
Tatuapé
Alceu Amoroso Lima
Poesia
Pinheiros



Tive o prazer de conhecer algumas delas (cinema, música, literatura fantástica), e sou apaixonada por esses espaços, pois foi por meio destes momentos de prazer e também de responsabilidade (fazia muitas pesquisas e trabalhos escolares!) que hoje, curso e trabalho na área, e posso afirmar que mesmo que não seja a sua vocação ser um profissional da área, é no mínimo um meio de aproveitar esses espaços para adquirir conhecimento de forma divertida e dinâmica, aquecer aquela vontade de ler, conhecer pessoas (...).

Acredito que a idéia das bibliotecas temáticas é boa, desde não se interprete que ela que é para um público heterogêneo, é um espaço para um público específico, pois este não é o papel da biblioteca, e sim, um local privilegiado do desenvolvimento das práticas leitoras, onde se encontram acessíveis aos seus utilizadores o conhecimento e a informação. A necessidade de ter bibliotecas públicas é muito importante, pois possibilitam a participação, a troca e a interação entre as pessoas que ali freqüentam.

Para saber mais acesse:


quarta-feira, 11 de maio de 2011

O fino da Mostra, e paratodos.

Falar de mostra internacional de cinema é algo muito particular para mim, posto que sou afccionado pela 7ª arte, apesar que, com a vida corrida de ultimamente, não tenho conseguido exercer muito bem este meu vício intelectualmente sadio.
Todavia, àqueles que que se interessam pela arte do cinema provavelmente já ouviram falar na mostra internacional, que é nada menos que um apanhado global dos novos rumos que a película cinematográfica tem seguido (diretores, temáticas, atores) pelos quatro cantos do planeta, obviamente fugindo dos filmes "pipoca" hollywoodianos.

Aos que frequentam anualmente o evento sabem da dificuldade boa que é o momento da escolha entre o leque enorme de opções, ou por exemplo o impacto construtivo de ver um filme do leste europeu ou do oriente médio, o choque cultural pela pespectiva de seu diretor, entre outras coisas.

Uma boa oportunidade para os que ainda não tiveram o prazer de ir a uma mostra ou aos que quiserem fazer um esquenta ainda no primeiro semestre é a seguinte:

De 7 de maio a 16 de julho, o espaço Unibanco Arteplex (Shopping Frei Caneca) reúne clássicos que foram exibidos na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, com entrada gratuita. Os filmes serão exibidos sempre às 11h.

Confira a programação:

7/5

Bully

Sinopse: Boby e Marty são dois adolescentes típicos. Eles possuem o frescor e despreocupação da juventude. São folgados e vivem de pequenos truques. Eles se conhecem há muito tempo e mantém uma relação complexa. Boby Trata seu amigo como um brinquedo. Marty aceita. Um dia, os dois saem com as belas Ali e sua amiga Lisa. O objetivo é se divertir na praia, mas a situação escapa ao controle de todos. Marty tomará uma atitude drástica, algo que representará o fim da amizade e de suas vidas.

14/5

Maborosi, a luz da ilusão

Sinopse: Yumiko tinha apenas 12 anos quando sua avó voltou para sua cidade natal, disposta a morrer lá . Essa primeira perda marcou a menina, que sente culpa por não ter impedido a avó de ir embora. Anos depois, a moça se casa com Ikuo. O casal tem um filho, Yuichi. Sem nenhuma explicação, um dia Ikuo se suicida, atirando-se na frente de um trem. Sua única herança é a chave da corrente de sua bicicleta.

21/5

Ararat

Sinopse: Libelo político e pessoal do diretor Atom Egoyan, o pano-de-fundo deste filme é o polêmico genocídio dos armênios que viviam no Império Otomano, ocorrido entre os anos de 1914 e 1918.

28/5

Meu melhor inimigo

Sinopse: Filme sobre a tempestuosa e também lendária relação de trabalho entre dois mitos do cinema, Werner Herzog e Klaus Kinski, e seus planos independentes e simultâneos de matar um ao outro.

4/6

Esperando o Messias

Sinopse: Ariel, um jovem judeu, mesmo orgulhoso de suas raízes, atravessa uma crise de identidade. Santamaria, um bancário cuja dignidade é jogada às traças quando ele perde o emprego, assim como a própria casa e o casamento. Ariel e Santamaria são dois seres à procura de respostas.

11/6

Velvet Goldmine

Sinopse:1971. O mundo assiste à explosão do Glam Rock. No centro do movimento está Brian Slade, músico que transformou o comportamento e o gosto dos roqueiros da época, levando inúmeros adolescentes – garotos e garotas – a pintar as unhas, usar batom e explorar a sexualidade.

18/6

Gotas d’água em pedras escaldantes

Sinopse: Anos 70, Alemanha. O ingênuo Franz, de 19 anos, conhece Leopold, um bem-sucedido homem de negócios, e vai viver com ele. No início, a diferença de idade não é um problema, mas o jogo de manipulação toma conta do relacionamento, fazendo com que vejam apenas suas diferenças e não o que têm em comum. A partir daí não existe mais “nós”.

25/6

Os cem passos

Sinopse: Em Cinisi, uma minúscula cidade siciliana que nos anos 60 era ponto de referência no tráfico de drogas, nasceu o jovem Peppino Impastato. É lá que vive também o chefão Tano Badalamenti. Disposto a por um fim à tradição mafiosa da cidade, Peppino se recusa a percorrer os cem passos que separam sua casa da de Badalamenti.

2/7

Vou para casa

Sinopse: O filme se passa na feérica Paris do início do ano 2000. Gilbert Valence é dono de uma longa e brilhante carreira como ator de teatro. Ele acaba de conseguir o papel de Béranger 1o em O Rei Está Morrendo, de Eugène Ionesco. De repente, a tragédia atravessa seu caminho: seu agente e velho amigo George lhe revela que um acidente na estrada acaba de matar sua mulher, filha e genro.

9/7

Viagens

Sinopse: Polônia, França, Israel. Três mulheres que partem sem destino. Riwka, de 65 anos, viaja num ônibus de turismo numa estrada entre Varsóvia e Auschwitz. Percorrendo as geladas paisagens polonesas, o ônibus quebra no meio do nada. No tumulto, o Yiddish é a língua com a qual se comunicam. Regina, também de 65 anos, acredita ter reencontrado o pai na figura de um velho desmemoriado que saiu do outro lado da Europa para encontrá-la em Paris. Vera, uma senhora russa de 80 anos, acaba de se mudar para Israel, onde quer viver seus últimos dias.

16/7

Neste Mundo

Sinopse: Na cidade de Peshawar, na fronteira com o Paquistão, dois refugiados afegãos, os primos Jamal e Enayat são enviados para a Inglaterra para tentar uma vida melhor. O trajeto, planejado por traficantes de peças de carros roubados, ópio e cigarros, é longo e perigoso.



Algumas imagens:




















fonte:
http://busk.com/news/classicos-da-mostra-sao-reexibidos-no-unibanco-arteplex

site da mostra (que este ano será realizada de 21 de outubro a 3 de novembro):
http://br.mostra.org/regulation

segunda-feira, 11 de abril de 2011

SKATALITES


A respeitada e pioneira banda de ska/reggae, Skatalites, se apresenta na Virada Cultural de São Paulo esse sábado (16/04), às 23h, no palco da av. São João. Essa é a grande oportunidade para os paulistanos apreciarem o melhor da música instrumental no estilo jamaicano.
A primeira formação do grupo tocava rhythm and blues e era banda fixa da gravadora Estúdio One. A partir de 1964, mudaram o ritmo para o Ska e foram os primeiros a gravar com Bob Marley, considerado o rei do reggae. O Ska é um ritmo jamaicano nascido pelos tambores africanos e pelo blues/jazz norte americano e que também influenciou muitas bandas de rock, principalmente grupos ingleses como The Police e The Clash. O estilo também teve suas ramificações e surgiram vertentes mais aceleradas como o SkaPunk e pode ser claramente ouvidos em bandas como Rancid, Operation Ivy e Nofx.

  
A Virada Cultural acontece nos dias 16 e 17 de abril. Confira a programação completa aqui: